terça-feira, abril 15, 2014

XIII EXPOSIÇÃO REGIONAL DO LIMÃO NA ILHA - SEGUNDO FIM DE SEMANA DE MAIO




Nos dias 10 e 11 de maio terá lugar, na Freguesia da Ilha, a XIIIª Exposição Regional do Limão. Esta é uma iniciativa de homenagem ao agricultor e ao produto de excelência desta localidade, o limão.
Neste intuito, a Casa do Povo da Ilha, entidade organizadora do evento, informa que as inscrições para os expositores do limão estão abertas e decorrem até o dia 06 de maio, podendo participar agricultores de toda a Região. As inscrições deverão ser efetuadas na Casa do Povo da Ilha das 09h00 às 20h00, todos os dias úteis.
Estão, também, abertas as inscrições para os participantes da Festa do Despique. Esta iniciativa decorrerá no dia 11 de maio, no Polidesportivo local, pelas 14h30, que terá a duração de 2 horas. Pretende-se reunir representantes das diversas localidades da nossa região para que possam dar o seu contributo no canto por improviso. A participação dos repentistas será feita em conjunto, por eliminatórias, sendo que o acompanhamento musical é assegurado pela organização. A Festa do Despique, integrada neste certame, contribuirá certamente, para preservar, ao longo das gerações, os saberes e vivências do nosso povo, no que concerne à música por intuição e ao canto por improviso.

Para mais informações e Inscrições: 
Tel: 291572026/962488561                   
e-mail: casapovoilha@mail.telepac.pt
Fax: 291573801                                    
Blog: http://casapovoilha.blogspot.com

quarta-feira, março 19, 2014

Dia do Pai - 19 de março - "Porque pai só há um"



Ser Pai
Ser Pai é ser companheiro,
Construindo no ninho familiar a grandeza dos filhos,
Para alicerçar valores que edificam a sociedade.

Ser Pai é ser jardineiro,
Plantando raízes de virtudes com mãos delicadas,
Para que o lar seja sementeira de luz e de verdade.

Ser pai é ser herói,
Protegendo o espaço sagrado do seu templo-familia,
Cultivando no coração dos filhos o germe da harmonia.

Ser pai é ser fonte de vida,
Inaugurando nossa história com gestos de amor,
renovando perenemente a herança da criação.

Ser Pai é ser poeta,
Declamando com carinho os versos da sua vivência,
Para cultivar e enobrecer os projetos da nossa existência.

www.portaldafamilia.org

sexta-feira, março 14, 2014

Atividade desenvolvida no âmbito do projeto de alfabetização do Centro de convívio da Ilha

Poema: "As Palavras" de Eugénio de Andrade:
São como um cristal,
as palavras.
Algumas, um punhal,
um incêndio.
Outras,
orvalho apenas.

Secretas vêm, cheias de memória.
Inseguras navegam:
barcos ou beijos, as águas estremecem.

Desamparadas, inocentes,
leves.
Tecidas são de luz
e são a noite.
E mesmo pálidas
verdes paraísos lembram ainda.

Quem as escuta? Quem
as recolhe, assim,
cruéis, desfeitas,
nas suas conchas puras?

Comentário ao Poema pela utente Ana Marques da Silva, 77 anos:
"Antes de falarmos devemos pensar três vezes, porque a palavra tanto louva como ofende. Se falrmos sem pensarmos podemos cair no extremo e ser dificil de remediar, porque lá diz o ditado "Pedra fora da mão e palavra fora da boca já não há solução". Há palavras que sendo doces se tornam amargas e outras que parecendo amargas ou bruscas se tornam construtivas, depende da maneira como as dizemos ou das pessoas a quem as dizemos. Nem todas as pessoas aceitam da mesma maneira. Para conhecermos as pessoas precisávamos ter um pouco de psicologia e pedagogia. Devemos pensar antes de falar, de que maneira eu as aceitava se estivesse no lugar da outra pessoa?"